Será? Há 14 anos, Recopa não é decidida nos pênaltis

Com o empate em 1×1 no primeiro jogo da Recopa 2018, um novo resultado de igualdade, por qualquer placar, poderá fazer Grêmio e Independiente decidirem o título nos pênaltis, na Arena, em Porto Alegre.

Em 25 edições realizadas, foram 4 títulos decididos nos pênaltis. Três deles ocorreram em edições com jogo único, no Japão ou nos Estados Unidos. Das 25 edições, 8 foram realizadas em uma só partida.

A última decisão por pênaltis, na Recopa, ocorreu em 2004. Em jogo realizado nos Estados Unidos, o Cienciano, campeão da Sul-Americana em 2003, ganhou, nas penalidades, do Boca, então campeão da Libertadores.

Das 17 edições de Recopa com jogos de ida e volta, apenas uma teve decisão nos pênaltis, a de 1993, envolvendo dois brasileiros, São Paulo e Cruzeiro. O Tricolor Paulista levou a melhor nas cobranças, no Mineirão.

Uma só edição da Recopa foi decidida na prorrogação, a de 2014, entre Atlético Mineiro e Lanús. O Galo ficou com o título.

Caso ocorra empate no jogo de Porto Alegre, dia 21, serão 30 minutos de prorrogação. Somente em caso de nova igualdade, serão necessárias as penalidades.

Camisetas Gozadas

EDIÇÕES DA RECOPA DECIDIDAS NOS PÊNALTIS

1992 – COLO-COLO x CRUZEIRO
Jogo único, em Kobe, no Japão. Após empate em 0x0, vitória chilena nos pênaltis, 5×4.

1993 – SÃO PAULO x CRUZEIRO
Novamente, o time mineiro perde o título nas penalidades (4×2), desta vez no Mineirão, após 2 empates sem gols.

1997 – VÉLEZ x RIVER
Jogo único, em Kobe, no Japão. Após empate em 1×1, vitória do então campeão da Supercopa, 4×2.

2004 – CIENCIANO x BOCA
Jogo único, em Fort Lauderdale, Estados Unidos. Após empate no tempo normal, 1×1, vitória peruana por 4×2 nas penalidades.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Curta a página FRASES FAMILY GUY

Siga, no Instagram, MELHORES DO STAND UP

E-book de humor, grátis!

Deixe uma resposta