Oito jejuns que aumentaram nos estaduais 2018

Antes mesmo da definição dos finalistas nos 4 estaduais mais importantes – Paulista, Carioca, Mineiro e Gaúcho – e de tantos outros, é possível apontar alguns tabus que vão perdurar por, no mínimo, mais um ano. Listamos 8:

1. O JOINVILLE, 3º maior campeão catarinense e único a faturar um octacampeonato – único a ganhar mais de 4 Catarinenses seguidos, na verdade –, seguirá sem ser campeão desde 2001. Em 2015, obteve o título no campo, mas perdeu no tribunal. A final de 2018, em Santa Catarina, será entre Chapecoense e Figueirense.

2. Segundo maior campeão de Santa Catarina, só atrás do Figueirense, o AVAÍ tinha a chance de empatar com o rival no número de taças, este ano. Mas o Figueira foi à final, e o Avaí, não. O último título avaiano foi em 2012.

3. Dono de 10 títulos catarinenses e único clube do estado a conquistar um título nacional de 1º nível (Copa do Brasil 1991), o CRICIÚMA fecha o 5º ano seguido sem ir sequer à final do estadual. A última vez foi em 2013, quando foi campeão em cima da Chape.

4. Sete vezes campeão paranaense, penta de 1993 a 1997, o PARANÁ CLUBE seguirá sem ser campeão paranaense desde 2006. Em 2018, não chegou às semifinais do 1º turno nem à final do 2º. Sua última final do Paranaense foi em 2007.

5. Vice-campeão cearense 2017 e maior surpresa da Copa do Brasil 2018, sendo o único clube da Série D nacional a chegar à 4ª fase, o FERROVIÁRIO não obteve vaga sequer para a semifinal do estadual. Terceiro maior campeão, com 9 títulos, seguirá sem a taça do cearense, cuja última conquista data de 1995, há 23 anos.

6. Maior campeão mato-grossense, com 24 taças, o dobro do 2º maior campeão, o Operário, o MIXTO fechou o 10º estadual seguido sem título. O último foi conquistado em 2008. É o 5º ano seguido sem chegar à final. Em 2018, terminou em 6º lugar, tendo sido eliminado nas quartas-de-final pelo Luverdense, com duas derrotas e um placar de 6×1 no agregado.

7. Último clube goiano a disputar a Série A do Brasileirão, em 2017, o ATLÉTICO GOIANIENSE fechou o 4º ano consecutivo sem chegar sequer à final do estadual. A última vez foi em 2014, quando acabou campeão. Em 2018, não chegou nem à semi: foi 7º colocado dentre 10 participantes.

8. Terceiro maior campeão maranhense, com 15 taças, o Maranhão Atlético Clube (MAC) fechou o 5º estadual seguido sem título nem final. Em 2018, terminou em 3º.

Paraná está há 12 anos sem ganhar o estadual. Imagem: Facebook Oficial Londrina Esporte Clube

CamisetasGozadas.com.br (clique na imagem para saber mais)

Ouça e siga o FODCAST (o F é de Futebol)

Curta, no Facebook, a página RISOBOL

Curta, no Facebook, a página FRASES FAMILY GUY

Siga, no Instagram, MELHORES DO STAND UP

Deixe uma resposta