Domingo poderá ter 3 tricampeonatos, 2 tetra e até 11 disputas nos pênaltis

Das 17 decisões de campeonato estadual que ocorrem neste domingo, 12 poderão ter, ao menos, um bicampeão de forma consecutiva. Somente Acre, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Maranhão e Pernambuco sabem, antecipadamente, que terão um campeão diferente de 2017.

Em 11 das 17 finais, os regulamentos estabelecem a possibilidade de o campeão ser definido nos pênaltis. O empate no saldo de gols dá o título à melhor campanha em 6 estaduais: Baiano, Mineiro, Paraibano, Cearense, Sul-Mato-Grossense e Maranhense.

SEQUÊNCIAS QUE PODERÃO SER OBTIDAS NESTE DOMINGO, NOS ESTADUAIS

TETRA
CRB – Atual tricampeão alagoano, poderá confirmar seu primeiro tetracampeonato desde 1979. Está em vantagem: venceu o 1º jogo diante do CSA por 1×0. Se o CRB perder por 1 gol de diferença, a definição vai para os pênaltis.
Goiás – No 1º jogo da final do Goiano, contra a Aparecidense, deu empate. Novo empate, em Goiânia, leva aos pênaltis. Se conseguir o tetra, o Goiás alcançará sua 2ª maior sequência na história, só perdendo para o penta de 1996 a 2000.

TRI
Chapecoense – Fará o jogo único da decisão em casa, diante do Figueirense. Empate leva aos pênaltis.
Paysandu – O Papão está em desvantagem diante do Remo após a derrota por 2×1. Se o Paysandu devolver a derrota por 1 gol, pênaltis.
Vitória – Campeão em 2016 e bi em 2017, nas duas vezes diante do Bahia, tenta o 3º título seguido sobre o maior rival. Por ter perdido o 1º jogo por 2×1, o Rubro-Negro precisa vencer, por qualquer placar, para ficar com a taça.

BI
Atlético Mineiro – Joga por derrota de até 1 gol de diferença diante do Cruzeiro, no Mineirão.
Botafogo/PB – O Campinense está em vantagem, pois venceu o 1º jogo por 1×0. Por ter melhor campanha, basta ao Botafogo vencer por qualquer placar.
Ceará – Está em vantagem diante do Fortaleza, que perdeu o 1º jogo da final por 2×1. O Vozão joga pelo empate. O Fortaleza precisa vencer por qualquer placar.
Corinthians – Precisará vencer na casa do Palmeiras. Se for por 1 gol, pênaltis. Por 2 ou mais: bicampeonato corintiano.
Coritiba – O Coxa venceu o 1º jogo, em casa, diante do Atlético, por 1×0. Se o Furacão vencer por 1 gol, decisão nos pênaltis.
Corumbaense – Perdeu a 1ª partida da final do Sul-Mato-Grossense, por 1×0, para o Operário, fora de casa. Precisa vencer por qualquer placar para faturar o bi.
Cuiabá – Venceu o 1º jogo diante do Sinop, fora de casa, por 2×0, e pode até perder por 1 gol de diferença. Derrota por 2 gols leva aos pênaltis.

Abaixo, os estaduais que terão, certamente, neste domingo, campeão diferente de 2017 (o atual campeão não chegou à final):

ACREANO – Rio Branco x Galvez (no 1º jogo, 2×2)
– Empate leva aos pênaltis.
Atual campeão: Atlético

CARIOCA – Vasco x Botafogo (no 1º, Vasco 3×2)
– Vasco joga pelo empate. Vitória do Botafogo por 1 gol leva aos pênaltis.
Atual campeão: Flamengo

GAÚCHO – Brasil de Pelotas x Grêmio (Grêmio 4×0)
– Vitória do Brasil por 4 gols de diferença leva aos pênaltis.
Atual campeão: Novo Hamburgo

MARANHENSE – Imperatriz x Moto Club (Moto 3×0)
– Por ter melhor campanha, Imperatriz será campeão se devolver a derrota por 3 gols.
Atual campeão: Sampaio Corrêa

Chape, de Wellington Paulista, Jandrei e Guilherme, busca o tri. Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

 

CamisetasGozadas.com.br (clique na imagem para saber mais)

Ouça o FODCAST (o F é de Futebol)

Curta a página RISOBOL no Facebook

Curta, no Facebook, a página FRASES FAMILY GUY

Siga, no Instagram, MELHORES DO STAND UP

Deixe uma resposta