Argel tenta evitar o 6º rebaixamento em 10 anos como técnico

O Criciúma começou muito mal a Série B do Campeonato Brasileiro 2018. Em 4 jogos, 4 derrotas. Em casa, o Tigre perdeu para Ponte Preta e CSA. Como visitante, foi derrotado por Atlético Goianiense e Coritiba. O clube catarinense é o vice-lanterna, pois o Boa Esporte, que também perdeu todos os jogos, tem 1 gol a menos de saldo.

A equipe de Santa Catarina já havia feito um campeonato estadual ruim, onde correu riscos de queda para a divisão de acesso.

O técnico do Criciúma, Argel Fucks, fez parte de 5 rebaixamentos nas séries A e B do Campeonato Brasileiro. Ele não era o treinador nos jogos que decretaram matematicamente as quedas das equipes, mas teve participação efetiva. Em 2016, no Internacional, por exemplo, foi o técnico em 14 das 38 rodadas. No Figueirense, em 2 rebaixamentos, treinou a equipe, respectivamente, em 10 e em 9 partidas.

O primeiro clube de Argel como treinador foi o Mogi Mirim, há 10 anos, em 2008.

Por enquanto, Argel permanece no Criciúma. O próximo jogo será na terça-feira (08/05), contra o Guarani, em Campinas.

REBAIXAMENTOS DO TÉCNICO ARGEL

1º CAMPINENSE (2009) – Para Série C do Brasileiro
Comandou a equipe paraibana por 5 rodadas, da 5ª à 9ª, com uma vitória, em sua estreia, e 4 derrotas. O Campinense terminou em penúltimo, 12 pontos atrás do América de Natal, o 1º a se livrar da queda à Série C.

2º FIGUEIRENSE (2012) – Para Série B do Brasileiro
Argel treinou o Figueira nas 10 primeiras rodadas, com uma vitória na estreia, 4 empates e 5 derrotas. O clube terminaria a competição na lanterna, 15 pontos atrás do Sport, o 1º clube a se livrar do rebaixamento.

3º PORTUGUESA (2014) – Para Série C do Brasileiro
O técnico Argel dirigiu a Lusa nos 5 primeiros jogos da Série B 2014 e não ganhou nenhum: foram 2 empates e 3 derrotas. A Portuguesa terminaria na lanterna, 21 pontos atrás do Bragantino, o 1º a escapar. Foram apenas 4 vitórias em 38 rodadas.

4º INTERNACIONAL (2016) – Para Série B do Brasileiro
Tendo assumido o Inter em agosto de 2015, Argel comandou o Colorado nas 14 primeiras rodadas do Brasileirão 2016, com 6 vitórias, 2 empates e 6 derrotas. O Inter terminou o campeonato em 17º, dois pontos atrás do Vitória, o 1º a escapar.

5º FIGUEIRENSE (2016) – Para Série B do Brasileiro
Após ter sido demitido pelo Inter, Argel dirigiu o Figueirense por 40 dias, também participando de seu rebaixamento. Em 9 jogos, uma vitória, 4 empates e 4 derrotas. O Figueira foi o 18º colocado, 8 pontos atrás do 16º.

Foto: Caio Marcelo / criciuma.com.br

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a página RISOBOL no Facebook

Curta, no Facebook, a página FRASES FAMILY GUY

Siga, no Instagram, MELHORES DO STAND UP

Deixe uma resposta